Terça, 25 de Junho de 2024
21°C 36°C
Palmas, TO
Publicidade

Parlamentares do Mercosul conhecem estratégia para preservação ambiental do Tocantins

O evento no Palácio Araguaia contou com a presença de parlamentares de estados como Bahia, Maranhão, Sergipe, Goiás, Minas Gerais

17/05/2023 às 09h00 Atualizada em 17/05/2023 às 13h34
Por: Redação Fonte: Redação
Compartilhe:
A Assembleia Ordinária da UPM está sendo realizada em Palmas, com a cerimônia de abertura ocorrida na segunda-feira à noite na Assembleia Legislativa
A Assembleia Ordinária da UPM está sendo realizada em Palmas, com a cerimônia de abertura ocorrida na segunda-feira à noite na Assembleia Legislativa

Durante a Assembleia Geral Ordinária da União de Parlamentares Sul-Americanos e do Mercosul (UPM), realizada no Palácio Araguaia na manhã de terça-feira, o secretário de Estado do Meio Ambiente do Tocantins, Marcelo Lelis, apresentou uma palestra sobre as transações pioneiras de crédito de carbono que estão ocorrendo no estado. 

A Assembleia Ordinária da UPM está sendo realizada em Palmas, com a cerimônia de abertura ocorrida na segunda-feira à noite na Assembleia Legislativa e com encerramento previsto para a noite de quarta-feira, 17, no Parlamento estadual. 

Lelis explicou que o Tocantins vem trabalhando com diversos atores e comunidades tradicionais há anos para desenvolver um projeto sólido de preservação ambiental. Como resultado desses esforços, foi criado o Plano de Redução de Gases do Efeito Estufa (Redd), que, segundo Lelis, só alcançará os efeitos desejados se envolver as comunidades tradicionais, além de recursos financeiros. 

Continua após a publicidade

Para implementar políticas de preservação, o secretário anunciou que, em 5 de julho, o governador Wanderlei Barbosa (Republicanos) assinará um acordo de crédito de carbono de dez anos com a empresa Mercuria Energy. Lelis afirmou que esses recursos substanciais trarão uma mudança significativa nas práticas de preservação ambiental no estado. 

Durante o evento, os parlamentares também discutiram o uso racional do Rio Uruguai e do Aquífero Guarani dentro da UPM. Esse tópico foi apresentado pelo secretário de Meio Ambiente da UPM, Luciano Augusto Henning. 

Luciano explicou que todo o trabalho realizado pela UPM para otimizar o uso do aquífero e outros recursos hídricos interconectados está passando por revisões. Ele mencionou que, após a criação de uma cúpula de governadores em apoio a essa política na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP), prevista para 2025, está sendo planejada a formação de uma cúpula de presidentes dos países da UPM. 

Continua após a publicidade

O evento no Palácio Araguaia contou com a presença de parlamentares de estados como Bahia, Maranhão, Sergipe, Goiás, Minas Gerais, além de representantes do Tocantins, como Cláudia Lelis (PV), Gutierres Torquato (PDT), Valdemar Júnior (Republicanos) e Professor Junior Geo. Representantes de países como Chile, Argentina, Uruguai e Paraguai também estavam presentes.

Crédito Elpídio Lopes/Isis Oliveira ALETO

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ponto Norte
Sobre o blog/coluna
Ponto Norte é uma referência estabelecidos para as orientações das informações de noticias de onde ela aconteceu de norte a sul, leste e oeste do Brasil.
Ver notícias
Palmas, TO
22°
Tempo nublado

Mín. 21° Máx. 36°

22° Sensação
0.97km/h Vento
49% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h30 Nascer do sol
06h01 Pôr do sol
Qua 37° 21°
Qui 37° 22°
Sex 35° 23°
Sáb 37° 23°
Dom 37° 25°
Atualizado às 01h04
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,39 -0,01%
Euro
R$ 5,79 -0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,57%
Bitcoin
R$ 349,208,82 +2,30%
Ibovespa
122,636,96 pts 1.07%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias