Terça, 25 de Junho de 2024
21°C 36°C
Palmas, TO
Publicidade

Associação Tocantinense de Cinema e Vídeo (ATCV) Entrega Carta ao Senador Eduardo Gomes sobre Regulação de VoD e Condecine

Produtores e realizadores independentes de audiovisual apresentam principais pontos de preocupação sobre a regulação do Video on Demand e a cobrança da Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional.

15/09/2023 às 07h00
Por: Francisco Vieira Fonte: Redação
Compartilhe:
Produtores e realizadores independentes de audiovisual preocupados com a regulação do VoD e Condecine.
Produtores e realizadores independentes de audiovisual preocupados com a regulação do VoD e Condecine.

A Associação Tocantinense de Cinema e Vídeo (ATCV) entregou uma carta ao senador Eduardo Gomes (PL) na quinta-feira, 14, contendo os principais pontos defendidos pelos produtores e realizadores independentes de audiovisual em relação à regulação dos serviços de vídeo por demanda (Video on Demand - VoD) e à cobrança da Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional (Condecine) por parte das empresas que atuam nesse setor. 

O senador, que é relator de dois Projetos de Leis (PL 2.331/2022 e PL 1.994/2023) relacionados a esse tema, presidiu audiências públicas da Comissão de Educação e Cultura do Senado Federal nos dias 13 e 14 de setembro. Durante essas audiências, representantes do Ministério da Cultura, da Agência Nacional de Cinema (Ancine), produtoras independentes de audiovisual e empresas de streaming debateram questões cruciais sobre a regulamentação desses serviços. 

A carta da ATCV apresenta as seguintes demandas: garantia de propriedade patrimonial às obras audiovisuais produzidas por empresas brasileiras; investimento direto das plataformas de streaming na produção de conteúdo audiovisual; priorização de conteúdos regionalizados nos investimentos; recolhimento de Condecine pelas empresas de VoD compatível com sua presença no mercado cinematográfico nacional; e garantia da presença e visibilidade de conteúdos audiovisuais nacionais nos catálogos das plataformas de streaming que operam no Brasil. 

Continua após a publicidade

A vice-presidente da ATCV, a cineasta Eva Pereira, entregou o documento durante a última audiência pública e elogiou a relatoria dos projetos por parte do senador Eduardo Gomes, destacando sua expertise e compromisso com a causa cultural ao longo de sua carreira política. 

Durante a audiência pública, outros representantes de organizações independentes de audiovisual também defenderam a taxação sobre o faturamento das plataformas de streaming, semelhante à Condecine, com um percentual mínimo de 4%, o mesmo já tributado às demais empresas do audiovisual que atuam no Brasil.

Esses recursos recolhidos contribuem para o Fundo Setorial do Audiovisual e apoiam diversas políticas de desenvolvimento cinematográfico no país.

Continua após a publicidade

Crédito/Informação Luiz Melchiades

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Arte & Cultura
Sobre o blog/coluna
Ver notícias
Palmas, TO
22°
Tempo nublado

Mín. 21° Máx. 36°

22° Sensação
0.97km/h Vento
49% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h30 Nascer do sol
06h01 Pôr do sol
Qua 37° 21°
Qui 37° 22°
Sex 35° 23°
Sáb 37° 23°
Dom 37° 25°
Atualizado às 01h04
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,39 -0,01%
Euro
R$ 5,79 -0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,57%
Bitcoin
R$ 348,602,40 +2,12%
Ibovespa
122,636,96 pts 1.07%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias