Segunda, 15 de Julho de 2024
19°C 35°C
Palmas, TO
Publicidade

Ministro Justifica Ausência e Governo Cancela Leilão de Arroz

Paulo Pimenta Alega Missão Presidencial e Governo Revê Importações

04/07/2024 às 10h00
Por: Redação Fonte: Redação
Compartilhe:
Ministro Paulo Pimenta durante coletiva sobre a reconstrução no Rio Grande do Sul.
Ministro Paulo Pimenta durante coletiva sobre a reconstrução no Rio Grande do Sul.

Na quarta-feira, o ministro Paulo Pimenta, que tem a responsabilidade de coordenar a reconstrução no Rio Grande do Sul, não compareceu à Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados. Ele deveria explicar detalhes sobre o edital para a compra de arroz, o que provocou descontentamento entre os deputados da oposição.

O convite para que o ministro participasse da sessão foi feito pelo deputado José Medeiros, do PL do Mato Grosso. Agora, o presidente da comissão, deputado Evair Vieira de Melo, do PP do Espírito Santo, está propondo que Pimenta seja convocado, tornando sua presença obrigatória.

O ministro Paulo Pimenta justificou sua ausência na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados alegando que, por conta da "missão dada pelo presidente Lula" como responsável pela reconstrução do Rio Grande do Sul, seria impossível atender ao convite dos deputados no momento.

Continua após a publicidade

O governo Lula não tem planos de realizar novos leilões para a importação de arroz no futuro próximo. Essa decisão foi tomada após a revista Crusoé revelar que um pequeno supermercado, o “Queijo Minas”, seria encarregado de fornecer 147,3 mil toneladas do grão em uma transação avaliada em mais de 736 milhões de reais.

No mês passado, o governo federal cancelou um leilão para a importação de 263 mil toneladas de arroz devido a dúvidas sobre a capacidade técnica e financeira de algumas das empresas vencedoras. Paulo Pimenta deveria esclarecer os detalhes sobre o edital para os deputados da Comissão de Agricultura.

Apesar dessas dificuldades, o governo sinalizou a intenção de continuar importando arroz para garantir o abastecimento do mercado interno. Esse movimento, juntamente com a normalização das estradas, contribuiu para a queda dos preços do arroz, que voltaram aos níveis normais.

Continua após a publicidade

O Rio Grande do Sul, que responde por cerca de 70% da produção nacional de arroz, foi gravemente afetado por chuvas e enchentes, comprometendo as lavouras, os estoques locais e a logística de distribuição, o que levou à decisão de importar o produto.

Da redação Ponto Notícias

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ponto Norte
Sobre o blog/coluna
Ponto Norte é uma referência estabelecidos para as orientações das informações de noticias de onde ela aconteceu de norte a sul, leste e oeste do Brasil.
Ver notícias
Palmas, TO
29°
Tempo limpo

Mín. 19° Máx. 35°

28° Sensação
4.63km/h Vento
35% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h31 Nascer do sol
06h06 Pôr do sol
Ter 35° 20°
Qua 35° 22°
Qui 36° 21°
Sex 37° 22°
Sáb 37° 22°
Atualizado às 12h04
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,45 +0,38%
Euro
R$ 5,94 +0,25%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,16%
Bitcoin
R$ 366,853,74 +10,25%
Ibovespa
129,221,77 pts 0.25%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias