Segunda, 15 de Julho de 2024
19°C 35°C
Palmas, TO
Publicidade

Petrobras Anuncia Reajuste nos Preços da Gasolina e do Gás de Cozinha

Aumento nos preços para distribuidoras começa amanhã; gasolina sobe 7,11% e gás de cozinha 9,6%, impactando o bolso do consumidor.

08/07/2024 às 19h30
Por: Redação Fonte: Redação
Compartilhe:
A Petrobras anunciou um reajuste nos preços da gasolina e do gás de cozinha para distribuidoras, válido a partir de amanhã.
A Petrobras anunciou um reajuste nos preços da gasolina e do gás de cozinha para distribuidoras, válido a partir de amanhã.

A Petrobras anunciou que vai reajustar os preços da gasolina e do gás de cozinha (GLP) para as distribuidoras, com os novos valores entrando em vigor a partir de amanhã, dia 9.

O preço da gasolina será elevado em R$ 0,20 por litro, chegando a uma média de R$ 3,01 por litro, representando um aumento de 7,11%.

O gás de cozinha terá um acréscimo de R$ 3,10, elevando o valor do botijão de 13 quilos para uma média de R$ 34,70, um reajuste de 9,6%.

Continua após a publicidade

Para os consumidores, o aumento será em torno de 2,5%, conforme cálculos da Warren Investimentos. Este aumento também deve impactar o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de julho e do ano, que deve subir de 4,10% para 4,28% em 2024.

Andréa Angelo, estrategista de inflação da Warren Investimentos, afirmou que a alta de R$ 0,20 na gasolina representa um aumento de 7,15% na refinaria, o que se traduz em um aumento de aproximadamente 2,50% no preço final para o consumidor.

Este é o primeiro reajuste no ano para ambos os produtos e também o primeiro sob a gestão da nova presidente da Petrobras, Magda Chambriard. O último aumento no preço da gasolina ocorreu em agosto de 2023, seguido por uma redução de R$ 0,12 em outubro, estabelecendo o preço em R$ 2,81 por litro.

Continua após a publicidade

Para o gás de cozinha, o último aumento foi em março de 2022. No ano passado, houve duas reduções de preço para o GLP.

Apesar do aumento, a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom) indicou, em seu relatório diário divulgado na semana passada, uma defasagem de 19% no preço da gasolina em relação ao mercado internacional.

Essa defasagem, em termos monetários, chega a R$ 0,59 por litro, conforme a Abicom. A diferença de preços é resultado da valorização do dólar e do aumento da cotação do petróleo.

Em maio de 2023, a Petrobras anunciou uma nova política de preços, abandonando o regime de Preço de Paridade de Importação (PPI), que ajustava os preços dos combustíveis conforme as variações do petróleo e do dólar.

A empresa explicou que, considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina C vendida nos postos, a participação da Petrobras no preço ao consumidor será de R$ 2,20 por litro, representando uma variação de R$ 0,15 por litro de gasolina C.

Da redação Ponto Notícias 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Governo
Sobre o blog/coluna
É o canal digital de conteúdo de noticias do governo federal sobre a relação das ações do estado e o deve focada nas necessidades da população brasileira e do usuário no serviço público.
Ver notícias
Palmas, TO
29°
Tempo limpo

Mín. 19° Máx. 35°

28° Sensação
4.63km/h Vento
35% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h31 Nascer do sol
06h06 Pôr do sol
Ter 35° 20°
Qua 35° 22°
Qui 36° 21°
Sex 37° 22°
Sáb 37° 22°
Atualizado às 12h04
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,45 +0,36%
Euro
R$ 5,94 +0,15%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 366,532,78 +10,18%
Ibovespa
129,195,53 pts 0.23%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias