Segunda, 15 de Julho de 2024
19°C 35°C
Palmas, TO
Publicidade

Rede Belém Aberta: Iniciativa Digital para o Futuro Sustentável

Lançamento durante evento destaca avanços para a COP-30

10/07/2024 às 09h00
Por: Redação Fonte: Redação
Compartilhe:
 Lançamento da Rede Belém Aberta durante evento na cidade. l Mácio Ferreira/Agência Belém
Lançamento da Rede Belém Aberta durante evento na cidade. l Mácio Ferreira/Agência Belém

Desenvolver políticas sustentáveis, captar recursos e combater as mudanças climáticas são os objetivos da Universidade Federal do Pará com o lançamento do Centro de Finanças Climáticas para o Sul Global (CFC-GS) nesta terça-feira, 9 de julho, no Centro de Convenções da Amazônia-Hangar. O termo "Sul Global" refere-se aos países em desenvolvimento na África, América Latina e Caribe, Ásia e Oceania, e surgiu nas décadas de 60 e 70 durante a Guerra Fria.

A cerimônia de lançamento contou com a presença do prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, e da professora Iracilda Sampaio, pró-reitora de pesquisa e pós-graduação da UFPA, representando o reitor Emmanuel Tourinho. Durante o evento, foram realizadas mesas de debates intituladas "Centro de Financiamento Climático para o Sul Global" e "Rede Belém Aberta", com a participação de pesquisadores e representantes de instituições nacionais e internacionais.

O Centro de Finanças Climáticas para o Sul Global nasceu de discussões entre professores e pesquisadores da Universidade Federal do Pará. Eles buscavam posicionar a instituição como um centro de referência na área econômica relacionada à crise climática.

Continua após a publicidade

Durante a cerimônia de lançamento, a professora Iracilda Sampaio destacou a importância da Universidade em liderar iniciativas que ofereçam soluções para as populações mais vulneráveis aos impactos das mudanças climáticas, especialmente os povos da Amazônia.

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, enfatizou que a crise climática não é democrática e que estudos adequados são essenciais para ajudar tanto as gestões públicas quanto privadas a mitigar os efeitos climáticos no Sul Global.

Ele ressaltou a importância de pesquisas que demonstrem como os impactos climáticos afetam o Sul Global e quais investimentos são necessários para reverter esses efeitos. "O Centro de Finanças Climáticas permitirá que economistas e outros cientistas bem preparados e reconhecidos no Pará, no Brasil e no mundo debatam formas de financiamento de projetos sustentáveis, facilitando o acesso a recursos locais para combater a crise climática," afirmou Edmilson. Ele destacou que o objetivo é tornar as cidades mais sustentáveis e resilientes, reduzindo os impactos da crise climática que causa sofrimento a milhares de pessoas, especialmente no Sul Global.

Continua após a publicidade

No evento, foi apresentada a Rede Belém Aberta, que foi o foco da segunda mesa de discussões. Trata-se de uma infraestrutura digital disponível para toda a cidade, baseada no conceito de uma rede acessível. Esta rede se prepara para a COP-30, priorizando áreas como qualificação profissional, acesso a energias renováveis e desenvolvimento digital para a bioeconomia. A Rede Belém Aberta atuará como uma plataforma colaborativa para envolver cidadãos, empresas e organizações da sociedade civil na melhoria contínua dos serviços públicos.

A COP-30, que ocorrerá em Belém em 2025, celebrará os dez anos do Acordo de Paris. Na conferência, os países irão apresentar os avanços feitos em suas metas climáticas, marcando um ponto crucial nos esforços globais contra as mudanças climáticas.

Durante o evento também foi lançada a iniciativa Rede Belém Aberta, tema da segunda mesa da noite desta terça-feira. A Rede Belém Aberta é uma infraestrutura pública digital em toda a cidade, baseada na filosofia de uma rede aberta. Visando à COP-30, a Rede Belém se concentrará em necessidades setoriais específicas, como qualificação e emprego, acesso à energia limpa e à criação digital para a bioeconomia. A Rede Belém Aberta fornecerá uma plataforma colaborativa para engajar cidadãos, empresas e organizações da sociedade civil para melhorar os serviços públicos a longo prazo.

COP

A cidade de Belém sediará a COP-30 em 2025, ano que marca os dez anos do Acordo de Paris sobre o Clima. Os países vão relatar o progresso em relação às suas Contribuições Nacionalmente Determinadas (INDCs) tornando isso um marco histórico nos esforços globais para combater as mudanças climáticas.

Da redação Ponto Notícias l Com informação Agência Belém

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ponto Norte
Sobre o blog/coluna
Ponto Norte é uma referência estabelecidos para as orientações das informações de noticias de onde ela aconteceu de norte a sul, leste e oeste do Brasil.
Ver notícias
Palmas, TO
29°
Tempo limpo

Mín. 19° Máx. 35°

28° Sensação
4.63km/h Vento
35% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h31 Nascer do sol
06h06 Pôr do sol
Ter 35° 20°
Qua 35° 22°
Qui 36° 21°
Sex 37° 22°
Sáb 37° 22°
Atualizado às 12h04
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,44 +0,27%
Euro
R$ 5,93 +0,09%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,07%
Bitcoin
R$ 366,467,19 +10,26%
Ibovespa
129,195,53 pts 0.23%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias